Call: 888-6InnerBond (888-646-6372)
 



 
 



Daily Inspiration

Do you awake each morning excited about your day, or do you awake wondering why you are alive? If you are following your joy, then your life has meaning, but if you are just doing the 'right' thing, it is likely your life feels flat and meaningless. There is no time like the present to follow your joy. What are you waiting for?

By


Você está deixando suas crianças te manipular?

By Dr. Margaret Paul
December 21, 2012



As crianças aprendem muito cedo como manipular pais, que estão muito preocupados em ser amados por elas. Neste artigo, veja o que você pode fazer sobre isso.



Rachael é a jovem mãe de Nathan, que acaba de completar dois anos. Rachael é uma dona-de-casa que trabalha meio  período em sua residência e tem a ajuda de uma empregada, cinco dias por semana. Rachael se consultou comigo por causa de seus problemas com Nathan.
 
"Quando Nathan está com David (meu marido), ele fica bem. Ele adora David e o ouve bem. Quando ele está com Amalia (nossa empregada), ele fica bem. Ele a ama e brinca com calma com ela. Mas quando ele está comigo, ele fica impossível. Ele joga birra, quando ele não conseguiu o que queria. Ele vai dormir facilmente à noite com David, mas não comigo. Eu quero muito ser uma boa mãe e não consigo descobrir o que eu estou fazendo de errado. Eu nunca fico brava com ele, mas às vezes eu sinto que vou jogá-lo do outro lado da sala! Preciso de ajuda! "
 
"Rachael, quando está com Nathan, o que você acha que é mais importante para você -? Conseguir que ele te ame, ou  ser amorosa consigo mesma ?"
 
Rachael respondeu imediatamente. "Conseguir que ele me ame. Nunca penso em amar a mim mesma. Eu só quero que ele me ame. Se ele me ama, então eu sei que sou uma boa mãe."
 
“E o que significa pra você, se for uma boa mãe?"
 
"Significa que eu estou bem."
 
"Então, você já entregou a Nathan, o trabalho de definir o seu valor. Ele tem que te amar, para que você se sinta bem. O que você acha que é mais importante para David?"
 
"Oh, David cuida bem de si mesmo. Ele realmente não parece preocupado se Nathan o ama ou não. Ele é muito amoroso com Nathan, mas se David quer comer o jantar quando Nathan quer brincar com ele, ele só come o jantar e Nathan parece aceitar isso. Se eu quero ter o meu café da manhã quando Nathan quer brincar, Nathan tem um acesso de raiva. "
 
"Rachael, Nathan tomou conhecimento de que ele pode manipulá-la, porque está tão preocupada com a maneira que ele se sente sobre você. Enquanto o amor dele for  mais importante para você, do que tomar cuidado amoroso de si mesma, ele será capaz de manipulá-la. Isto não é bom para ele ou para você. É um fardo muito grande para ele, ter a responsabilidade de definir o seu valor. Desde que o seu valor esteja ligado a ser uma boa mãe, Nathan será capaz de manipulá-la. "
 
"Eu posso ver. Amalia é como David. Se ela tem trabalho a fazer, ela só espera que Nathan brinque sozinho e ele brinca. Ela o ama, porém ela é firme sobre o que precisa fazer. Posso ver que eu dou o tempo todo, porque eu não quero que ele fique chateado comigo. O que posso fazer agora para mudar ? "
 
"Primeiro de tudo, você precisa separar conscientemente o seu sentido de auto-estima de ser uma boa mãe Você precisa fazer algum trabalho de ligação interna na definição de seu valor separadamente Seu senso de valor que vale a pena ser anexado a quem você é -.. Sua bondade, compaixão, empatia, calor, vivacidade. Você precisa assumir a responsabilidade de definir o seu próprio valor, em vez de fazer Nathan, David, ou qualquer outra pessoa responsável.
 
"Em segundo lugar, você precisa se preocupar como cuidar de si mesma, tanto quanto você se importa em cuidar de Nathan. Nathan é uma criança malcriada com você, porque está sendo um mãe permissiva. Você não se importa com você mesma quando está com ele, então ele aprendeu a não se preocupar com você. Você está lhe ensinando a  não se preocupar com você, quando não se importa com você mesma. "
 
"Ok, eu acho que sei o que fazer. Eu, realmente, vou tentar agir de forma diferente."
 
Na semana seguinte, quando falamos em nossa sessão de telefone, Rachael relatou que as coisas já tinham mudado dramaticamente. Nathan estava ouvindo -a, indo dormir direto quando ela  o colocava na cama e parecia mais feliz em geral. Os acessos de raiva dele ainda não tinham parado completamente, mas eles eram muito menores. Rachael, também se sentia mais feliz porque ela  finalmente cuidou de si mesma e das suas próprias necessidades. Pela primeira vez desde que deu à luz a Nathan, ela estava tendo um tempo pra si mesma.

 



Attribution-NonCommercial-NoDerivs
CC BY-NC-ND


Send this article to a friend    Print this article    Bookmarked 0 time(s)
Bookmark and Share    Share with Del.icio.us    submit 'Você está deixando suas crianças te manipular?' to digg Share with Digg    Share with StumbleUpon
There are no videos, Click to add one to the gallery!
There is no audio, Click to add audio to the gallery!
There are no pictures, Click to add one to the gallery!

Comments


More Help

Looking for help with Você está deixando suas crianças te manipular??

Search for solutions on Você está deixando suas crianças te manipular? within the InnerBonding.com website using Google's Site Search.

Click to Share
Facebook Digg it MySpace Twitter Stumbleupon Windows Live Yahoo! My Web Linked in