Call: 888-6InnerBond (888-646-6372)
 



 
 



Daily Inspiration

When something good happens for another, do you feel jealous or happy for them? Do you support them or tear them down? If you find yourself being jealous and unsupportive, explore how you may not be supporting yourself in being all you can be.

By


Inner Bonding (Ligação Interna) no Local de Trabalho

By Dr. Margaret Paul
January 06, 2013



Você está tendo problemas com um colega de trabalho, empregador ou funcionário? Se sim, você está disposto a aprender sobre o que está fazendo para criar esses problemas? Você pode descobrir a resposta neste artigo.



Um membro do nosso Inner Bonding Village, me enviou um Email, pedindo por "um artigo sobre Inner Bonding (Ligação Interna) e relação com os funcionários do trabalho, estabelecer limites, mas sem criticar e culpar. Eu não tenho sido capaz de chegar a uma conclusão, de como isso funciona. Estou assumindo que os princípios são os mesmos, porém eu gostaria de alguns exemplos. "
 
Embora as situações sejam diferentes, Inner Bonding, no local de trabalho, não é diferente dos outros relacionamentos. Tudo se resume a intenção.
 
Por exemplo, Agnes, uma das minhas clientes, reclamou comigo sobre uma das funcionárias da empresa de contabilidade, onde ela trabalha.
 
"Sally foi contratada para me ajudar, mas muitas vezes ela age como se fosse superior a mim. Ela é preguiçosa. Se o telefone toca, em vez dela atender, ela espera que eu atenda. Ela deixa as coisas acumularem, até que eu tenha que fazer. Ela não faz o trabalho dela e agora meu chefe está chateado comigo, porque Sally, se queixou a ele sobre mim! Eu quero muito deixá-la saber, o que precisa ser feito, mas ela não está fazendo. "
 
"Agnes, quando você lhe diz isto, como vc fala?"
 
"Eu digo, Sally, você precisa atender o telefone. É o seu trabalho, não o meu."
 
Quando Agnes disse isto, sua voz era áspera e paternal.
 
"Agnes, esta é a primeira vez que você teve problemas com outros funcionários ou  pessoas que trabalham sob a sua supervisão?"
 
"Não, acontece o tempo todo. Pessoas são tão preguiçosas!"
 
"Agnes, seu tom de voz foi bastante duro e paternal, quando você falou com Sally. A maioria das pessoas não gostam de ser controladas e se tornam resistente ao fazer o que você quiser, mesmo que elas corram o risco de ser demitidas. Desde que a sua intenção seja controlar, em vez de informar e aprender, você vai ter problemas no trabalho. "
 
Quando sua intenção é de aprender, você vai ficar em sintonia com os seus sentimentos e saber quando há um problema, o que precisa ser tratado. Você vai se perguntar, sempre que houver um problema: "O que é amoroso comigo agora?" "Como eu posso lidar com esta situação , sem desistir de mim mesmo ou tentar controlar a outra pessoa?" Você vai ficar conscientemente aberto para aprender com os outros, oferecendo informações com bondade. Culpa e crítica ocorrem automaticamente quando a intenção é controlar, por isso é mais importante ficar ciente da sua intenção.
 
A chave é a consciência de sua intenção. Sua intenção é sempre traída no seu tom de voz. Se você disser a um empregado, "Isto precisa ser feito até as 6:00" e sua intenção é controlar, seu tom automaticamente será duro - o que pode criar resistência e ressentimento. Se você disser a mesma coisa e a intenção é ser gentil e informar, o seu tom vai ser de autoridade e outros vão estar mais propensos a ouvir e fazer bem o trabalho.
 
Se você é um empregado ou empregador, ou tem problemas com colegas de trabalho, é sobre a consciência de sua intenção. Você vai ter poucos problemas, quando sua intenção é de aprender, ser gentil e informar, ao invés de controlar.
 
As pessoas, muitas vezes, querem exemplos do que dizer e fazer em situações específicas, mas o problema é que, se a sua intenção é controlar, não importa as palavras que você usa - não vai acabar bem. Por outro lado, quando você fica atento com sua orientação e pretende cuidar de si mesmo e os dos outros, você vai descobrir que as palavras vão estar lá para você, ditas de uma forma que não criem ressentimento e resistência nos outros.

 



Attribution-NonCommercial-NoDerivs
CC BY-NC-ND


Send this article to a friend    Print this article    Bookmarked 0 time(s)
Bookmark and Share    Share with Del.icio.us    submit 'Inner Bonding (Ligação Interna) no Local de Trabalho' to digg Share with Digg    Share with StumbleUpon
There are no videos, Click to add one to the gallery!
There is no audio, Click to add audio to the gallery!
There are no pictures, Click to add one to the gallery!

Comments


More Help

Looking for help with Inner Bonding (Ligação Interna) no Local de Trabalho?

Search for solutions on Inner Bonding (Ligação Interna) no Local de Trabalho within the InnerBonding.com website using Google's Site Search.

Click to Share
Facebook Digg it MySpace Twitter Stumbleupon Windows Live Yahoo! My Web Linked in