Daily Inspiration

Are you listening to the quiet messages of your spiritual Guidance? Are you attending to the flashes of ideas, pictures and feelings that are always coming through to you from your Guidance? Today, focus on being present with the quiet promptings of your Guidance.

By


Sobrepeso e infelicidade

By Dr. Margaret Paul
December 21, 2012



Pamela escreveu esta questão para a minha webconferência sobre o vício em comida



"Eu sou uma mulher de 22 anos de idade, 1 .79 de altura e peso 99 kg. Eu estou muito acima do peso e sei disso. No entanto, a motivação para entrar em forma não existe. Eu costumo dizer a mim mesma que eu vou levantar cedo de manhã e fazer exercícios, mas nunca parece funcionar. Eu vejo a maioria dos meus amigos em forma e fazendo as coisas que eu sinto vergonha de fazer no meu peso, mas eu quero. Eu realmente desejo voltar para o meu peso, mas não sei por onde começar. Você pode me ajudar, por favor? "
 
Pamela, aqui está o que você precisa perguntar a si mesma "O que é mais importante para mim do que voltar ao peso ideal?"
 
O que é mais importante para você, usar a comida para evitar seus sentimentos dolorosos de ansiedade, depressão, solidão ou tristeza? Vício em comer é uma forma de auto-abandono. Você está usando comida para preencher o vazio interior que só pode ser preenchido com o amor - o amor por si mesma. Até que você queira aprender a amar a si mesma, você não vai estar motivada a entrar em forma.
 
Quando você diz a si mesma "Eu vou levantar cedo de manhã e fazer exercícios, " que parte de você mesma está dizendo isto ? Parece-me que  é  a parte  do seu eu ferido que quer controlar o seu peso, em vez do seu próprio adulto amoroso que realmente quer aprender sobre como é ser amoroso com você. Em seguida, a outra parte vai entrar em resistência a ser controlada, de modo que "nunca parece funcionar." Enquanto você estiver tentando ter o controle sobre a alimentação e exercício, você provavelmente vai desencadear esta resistência.
 

Em vez disso, você precisa de compaixão e estar aberta para aprender sobre como você está abandonando a si mesma e  criando o vazio interior e resistência. Você não pode forçar-se a ficar em forma. Quando você aprender a amar e valorizar quem você é, em sua essência, então estará motivada a tomar cuidado amoroso do seu corpo.

Angie escreveu esta questão para a mesma webconferência:
 
"Eu sou viciada em comida e eu sei que é para o conforto e para preencher um buraco / vazio. Mas eu comparo a comida com o amor de mãe, como se  minha mãe nunca pudesse estar lá por nos, emocionalmente, mas a comida alimentou no lugar dela. O problema é que eu como, quando eu estou aborrecida, triste, cansada - qualquer motivo irritante. Eu nem me dou tempo para parar e pensar antes de colocar algo na boca, que  é geralmente biscoitos e etc -.. coisas doces. Eu estou com 50 anos  e eu realmente quero quebrar esse padrão - qualquer conselho seria muito apreciado. É quase como se a comida fosse minha amiga -. não é terrível! "
 
Angie, primeiro vamos olhar o seu julgamento da comida ser seu amiga. Sua menina interior vai precisar de alimento como sua amiga, enquanto você estiver tratando a si mesma da mesma forma como a sua mãe a tratou. Sua mãe não estava lá emocionalmente por você e você aprendeu a se abandonar emocionalmente muito bem. O alimento é o amor, porque você não está amando a si mesma. Você está usando comida para confortar os sentimentos da sua menina, que muitas vezes resultam de você julgar a si mesma e ignorar seus sentimentos. Você está usando comida para preencher o vazio criado por seu auto-abandono, em vez de aprender a preencher o vazio e a solidão com o amor do seu bem superior.
 
A outra questão pode ser que a flora intestinal do seu sistema digestivo esteja  fora de equilíbrio. Isso leva a coisas doces, que alimenta a flora ruim e cria o problema que leva ao desejo de doces e alimentos ricos em amido. Eu sugiro que você leia ", Gut and Psychology Syndrome," (GAPS) de Natasha Campbell-McBride e entenda como curar isso. O que se passa em seu intestino afeta o cérebro, por isso pode ser muito difícil para você acessar o amor que está aqui para você,  ao menos que também cure o seu corpo.
 
Vício em comida é um sintoma de problemas mais profundos, tanto emocionais, quanto auto-abandono físico. Praticar ligação interna vai te ajudar a desenvolver o seu próprio adulto amoroso de modo que você possa amar a você mesma, em vez de continuar a abandonar a si mesma.

 



Attribution-NonCommercial-NoDerivs
CC BY-NC-ND


Send this article to a friend    Print this article    Bookmarked 0 time(s)
Bookmark and Share    Share with Del.icio.us    submit 'Sobrepeso e infelicidade' to digg Share with Digg    Share with StumbleUpon
There are no videos, Click to add one to the gallery!
There is no audio, Click to add audio to the gallery!
There are no pictures, Click to add one to the gallery!

Comments


More Help

Looking for help with Sobrepeso e infelicidade?

Search for solutions on Sobrepeso e infelicidade within the InnerBonding.com website using Google's Site Search.

Click to Share
Facebook Digg it MySpace Twitter Stumbleupon Windows Live Yahoo! My Web Linked in